Connect with us

Notícias

Quem é a jornalista de BH que estava desaparecida e foi encontrada sem vida, ela deixou uma carta, diz irmão

Quem e a jornalista de BH que estava desaparecida e

O caso está sob investigação.

Continua depois da publicidade

As buscas pela jornalista que havia desaparecido na capital mineira, Belo Horizonte, terminou de maneira trágica. O cadáver da jornalista identificada como Natália Araújo Santos, de 34 anos, foi localizado nas águas do rio Arrudas, que corta a cidade de Belo Horizonte, na tarde desta sexta-feira, 8 de dezembro.

O desaparecimento de Natália foi comunicado por sua família após ela sair de casa na madrugada desta última quarta-feira, 6 de dezembro. Conforme informações da Polícia Militar de Minas Gerais, uma pessoa avistou o corpo e alertou as autoridades.

Natália foi descoberta sem vida, e os bombeiros removeram seu corpo do rio. A perícia e o veículo de remoção da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), responsável pela investigação do caso, foram chamados ao local.

Continua depois da publicidade

O irmão da jornalista, Gustavo Henrique Araújo Santos, corroborou com a identificação do corpo da profissional de imprensa. Foi um delegado da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) que entrou em contado com a família.

O delegado entrou em contato requisitando o reconhecimento do corpo nas dependências do Instituto Médico Legal (IML). De acordo com a conversa com o policial, o documento de identidade de Natália estava entre os pertences encontrados durante o resgate.

Os agentes da Polícia Civil afirmaram que assim que o corpo foi avistado todos os trâmites legais foram realizados e que “a perícia oficial ao local para realizar os primeiros levantamentos e a coleta de vestígios que irão subsidiar a investigação“.

Somente após os exames de necropsia realizados no Instituto Médico Legal (IML), é que a polícia terá em mãos os laudos sobre a causa da morte da jornalista.

Ainda segundo Gustavo Henrique, irmão da jornalista ela deixou a residência na madrugada da última quarta-feira sem comunicar a família. “Ela deixou uma carta pedindo para rezarem por ela”, afirmou. Não há informações sobre o velório e sepultamento da jornalista, o caso segue sob investigação.

Continua depois da publicidade
Leia Mais
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com