Publicidade

Mulher é levada para a delegacia por causa da blusa que estava utilizando para vender panquecas na rua

A mulher foi encaminhada para uma delegacia por conta da maneira que estava se vestindo.

0
Publicidade

Nesta sexta-feira, dia 26 de novembro, algo inusitado aconteceu. Uma vendedora de panquecas foi detida nas ruas da Tailândia por conta de suas roupas. A jovem alegou que estava vendendo o produto para conseguir custear sua faculdade de enfermagem e com a utilização dos trajes conseguiu triplicar o número de vendas. Mas, nem tudo deu certo, após os policiais notarem sua roupa e a levarem até uma delegacia.

Olive Aranya Apaiso, de 23 anos, contou que algumas pessoas a denunciaram, alegando que ela não estava utilizando uma roupa adequada para um ambiente público.

Ao ser encaminhada para a delegacia, ela escutou que deveria respeitar os valores da cidade e os padrões de higiene. Olivia apenas levou um sermão das autoridades, pois não obteve uma acusação formal contra ela.

Publicidade

A vendedora chegou a ser entrevistada e disse que apenas estava tentando ganhar o seu dinheiro, pois precisa se sustentar de alguma maneira.

“Os clientes já faziam fila antes mesmo de a loja abrir. Alguns até posaram comigo e compartilharam as fotos online, tornando minha barraca ainda mais popular”, contou ela sobre a experiência que teve ao vender panquecas utilizando um traje mais que decotado.

Após ter levado uma bronca por parte das autoridades, Olivia retornou ao seu trabalho se vestindo de uma maneira completamente diferente e com roupas consideradas muito mais comportadas. Ela continuou com o seu trabalho para tentar pagar suas contas.

Publicidade