Connect with us

Notícias

Quem era a jovem de 23 anos que morreu após ter sido internada com pedra no rim no PR; médicos fizeram importante descoberta

A jovem de apenas 23 anos não conseguiu resistir após ter recebido o diagnóstico de pedra no rim. Mais detalhes foram expostos.

A morte de Maria Eduarda Carvalho, uma jovem de 23 anos, em Ponta Grossa, no Paraná, causou comoção nas redes sociais. Maria foi internada na quarta-feira, dia 28 de fevereiro devido a uma pedra no rim.

Durante a cirurgia, os médicos descobriram que ela estava com COVID-19. Sendo asmática, a jovem enfrentou complicações decorrentes da doença. Amigos e familiares expressaram tristeza e solidariedade nas redes sociais.

Uma amiga escreveu: “Que Deus receba você de braços abertos!”, enquanto outra comentou: “Meu Deus, que tristeza!”. Maria Eduarda trabalhava com pigmentação de sobrancelhas e deixou uma filha de apenas 6 meses.

Neste momento, muitos estão deixando mensagens de apoio e condolências para os familiares que sofrem com a dura perda da jovem. Uma amiga da vítima relatou que ela começou a sentir dores na terça-feira, dia 27 de fevereiro.

Ao ser internada na quarta-feira, descobriu-se a necessidade de uma cirurgia devido à pedra no rim.  Durante o procedimento, a equipe médica identificou a presença do coronavírus.

Maria, asmática, teve complicações, sendo intubada na UTI. Na quinta-feira, sofreu uma parada cardíaca e não resistiu. Familiares, amigos e até o Colégio Marista Santa Mônica, onde a jovem foi aluna, expressaram pesar pela perda.

A morte de Maria Eduarda destaca a gravidade da COVID-19, especialmente em casos de comorbidades, e ressalta a importância da prevenção. Nesta situação complicada, uma boa parte das pessoas próximas a Maria Eduarda estão buscando prestar apoio para os familiares da jovem.

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com