Continua depois da publicidade

Quem são as quatro estudantes mineiras que perderam a vida de forma trágica em acidente na BR-116

Além das vítimas fatais outras oito pessoas ficaram feridas.

Um grave acidente envolvendo uma van e um caminhão provocou uma verdadeira tragédia que teve como cenário a rodovia BR-116.

Quatro jovens universitárias perderam a vida em um trágico acidente ocorrido na última sexta-feira (9), na altura do município de Vitória da Conquista, que fica interior da Bahia.

As estudantes, que frequentavam uma universidade na região, viajavam em direção ao distrito de Maristela, localizado no município Curral de Dentro, que fica Norte do estado de Minas Gerais, com o intuito de celebrar o Carnaval ao lado de seus familiares.

As vítimas fatais foram identificadas como:

  • Laila Rodrigues, de 20 anos;
  • Tábita Teissiane, de 24 anos;
  • Sande Viana, de 20 anos;
  • Lauani Braga, de 19 anos.

As jovens que perderam a vida desta maneira brutal estavam entre os ocupantes de uma van que transportava diversos estudantes.

O trágico acidente ocorreu quando o condutor perdeu o controle do veículo, resultando em uma colisão com um caminhão. Como consequência, a van capotou e ficou completamente destroçada. Além do motorista a van levava 11 pessoas.

Enquanto isso, os demais passageiros sofreram ferimentos e foram prontamente atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Resgate da Via Bahia, sendo encaminhados ao Hospital Geral de Vitória da Conquista.

Neste sábado (10), a unidade hospitalar informou que três pessoas vítimas do acidente já tinham recebido alta e cinco permaneciam internadas.

Para assistir ao vídeo CLIQUE AQUI!

A administração municipal de Curral de Dentro expressou suas condolências às vítimas e seus entes queridos através de uma mensagem divulgada em suas plataformas nas redes sociais.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Curral De Dentro (@prefeituracurraldedentro)

As causas do acidente seguem sob investigação.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *