Connect with us

Famosos

Sintomas da doença que tirou a vida da cantora Rita de Cássia

Minuto Info
Publicidade - OTZAds

Rita de Cássia morreu nesta terça-feira (3), e a notícia de sua morte pegou muitos fãs de surpresa, já que a cantora e compositora tinha apenas 49 anos de idade.

Publicidade - OTZAds

Rita é considerada uma das grandes compositoras do forró na atualidade, criadora de músicas bastante conhecidas como ‘Meu Vaqueiro, Meu Peão’ e ‘Saga de um Vaqueiro’.

A causa de sua morte foi uma doença conhecida como fibrose cística, que é considerada uma doença grave e bastante perigosa. Veja a seguir o que causa essa doença e seus principais sintomas.

O que é a fibrose cística?

A fibrose cística é uma doença grave que afeta principalmente os pulmões, o trato digestivo e outros órgãos. Isso significa que é causada por mutações em um gene específico e pode afetar como esses órgãos funcionam.

A doença pode causar problemas respiratórios, digestivos e outros problemas de saúde graves, mas com o tratamento adequado, muitas pessoas com a doença podem ter vidas ativas e prolongadas. Saiba quais são os seus sintomas a seguir.

Publicidade - OTZAds

Quais são os sintomas da fibrose cística?

Os sintomas da fibrose cística podem incluir:

  • Tosse crônica com secreção de muco espesso
  • Infecções respiratórias recorrentes, como pneumonia e bronquite
  • Dificuldade para respirar e falta de ar
  • Problemas digestivos, como diarreia, obstipação e dor abdominal
  • Perda de peso e falta de apetite
  • Pele e olhos amarelados (ictérico) devido a uma condição chamada colestase
  • Problemas de fertilidade em homens

Como é feito o tratamento da fibrose cística?

O tratamento da fibrose cística é feito com o objetivo de controlar os sintomas, prevenir complicações e melhorar a qualidade de vida. O tratamento pode incluir:

  • Medicamentos: os medicamentos são usados para tratar infecções respiratórias, ajudar a remover o muco dos pulmões, melhorar a digestão e controlar outros sintomas.
  • Terapia respiratória: a terapia respiratória pode incluir exercícios de respiração e uso de dispositivos, como nebulizadores e inaladores, para ajudar a remover o muco dos pulmões.
  • Terapia nutricional: as pessoas com fibrose cística podem ter dificuldade para absorver nutrientes adequadamente, então a terapia nutricional pode ser necessária para garantir que elas recebam a nutrição adequada. Isso pode incluir suplementos alimentares e, em alguns casos, alimentação por sonda ou por cateter.
  • Cirurgia: em alguns casos, a cirurgia pode ser necessária para corrigir problemas como obstrução nasal ou para remover cálculos biliares.
  • Transplante de pulmão: em casos graves de insuficiência respiratória, um transplante de pulmão pode ser necessário.

O tratamento da fibrose cística é geralmente realizado por uma equipe de profissionais de saúde, incluindo médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e dietistas. O tratamento é personalizado para cada pessoa e pode ser ajustado conforme as necessidades mudam ao longo do tempo.

A fibrose cística é uma doença genética considerada grave e progressiva que pode levar a complicações graves, como insuficiência respiratória, falência de múltiplos órgãos e morte prematura. No entanto, com o tratamento adequado, muitas pessoas com fibrose cística são capazes de levar vidas ativas e prolongadas.