Continua depois da publicidade

Urina escura como ‘coca-cola’ leva a diagnóstico de câncer raro em bebê













Mãe estranhou coloração da urina.



Uma das principais formas de observar se os rins estão saudáveis é através da simples observação da aparência da urina. Mudanças na tonalidade, ou seja, na cor, podem indicar problemas.

Geralmente esses problemas são simples e com tratamento eficaz. No entanto, alguns casos se tornam desafiadores até mesmo para os médicos envolvidos no diagnóstico do paciente.

Um caso no Reino Unido se tornou notícia internacional após o diagnóstico de uma forma rara de câncer. O paciente era ninguém menos que um bebê, de apenas 16 meses de vida.

Tudo começou quando a mãe do pequeno Jaxon Hart observou que a urina da criança estava escura. A coloração se tornou cada vez mais escura, enquanto os médicos investigavam.

Infelizmente, o menino recebeu o duro diagnóstico de tumor de Wilms, um tipo agressivo de doença nos rins. Para a mamãe, Stacie Hart, a notícia chegou como um verdadeiro golpe.

Meu filho fez xixi no hospital e estava tão escuro quanto Coca-Cola. Os médicos o levaram para uma ultrassonografia que revelou uma massa de cinco centímetros de diâmetro no rim dele. Era quase o órgão direito inteiro”, contou ao Daily Mail.

O tratamento foi feito de forma radical. A criança precisou passar por cirurgia para remoção do rim, além de sessões de quimioterapia. O bebê agora tem 19 meses e se encontra bem de saúde.

Apesar de ser considerado raro, o tumor de Wilms é um dos mais comuns em diagnósticos de câncer entre crianças.








Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *