Continua depois da publicidade

Velório de vítimas de queda de helicóptero em SP é marcado por forte comoção













O velório das vítimas da queda de helicóptero em SP foi marcado por uma forte comoção entre os familiares e amigos que foram se despedir.



Neste último domingo, dia 14 de janeiro, os corpos das quatro vítimas do acidente fatal envolvendo o helicóptero que ficou desaparecido durante o período de doze dias no litoral de São Paulo, estão sendo velos e enterrados na capital paulista.

O empresário Raphael Torres teve o seu sepultamento no período da manhã, na Zona Norte da cidade. A despedida do piloto Cassiano Tete Teodoro ocorreu na Zona Leste da cidade.

O velório e enterro das vítimas foi marcado por uma grande comoção. A namorada de Raphael, Elisângela Girtte, contou que o relacionamento dos dois era recente, havia começado há seis meses e que ela estava planejando uma viagem surpresa para o litoral, como forma de celebrar o fim de ano.

Contudo, ela acabou optando por passar o final do ano ao lado de suas netas. Ela está muito abalada com o falecimento de Raphael, lamentando a situação.

Na última mensagem de voz enviada à namorada em 31 de dezembro, Raphael Torres desejou um feliz Ano Novo e declarou: “Você é uma pessoa muito especial para mim, eu fui muito feliz com você.”

A mãe e a filha, Luciana e Letícia Rodzewics, serão enterradas também na Zona Norte. No velório das duas, amigos e familiares surgiram utilizando camisetas com as imagens das vítimas.

O helicóptero foi encontrado durante a manhã desta última sexta-feira, dia 12 de janeiro, após a PM (Polícia Militar) encontrar os destroços em uma área de mata. Os corpos das quatro vítimas foram achados juntos.








Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *