Connect with us

Notícias

Vereadora detida por embriaguez no volante é denunciada pelo MP também por desacato

Vereadora detida por embriaguez no volante e denunciada pelo MP

Caso gerou revolta em novembro.

Continua depois da publicidade

O Ministério Público do Paraná fez oficialmente a denúncia contra Maria Leticia (PV), vereadora da cidade Curitiba. A formalização da denuncia foi feita na última quarta-feira (14/12) e agora cabe a Justiça acatar ou não a denúncia.

A denúncia diz respeito a um caso ocorrido no último dia 25 de novembro. Na ocasião, a vereadora foi abordada por policiais após se envolver em uma batida de carro. Com sinais de embriaguez, ela ainda desacatou os agentes.

O caso ainda foi envolvido em polêmica. Isso porque a parlamentar, segundo apuração do portal Banda B, recebe salário de cerca de R$ 39 mil; ainda assim, foi liberada de ter que pagar fiança em função de sua “condição financeira”.

Continua depois da publicidade

Para o Ministério Público, a vereadora, “ao ser abordada, agindo com vontade livre e ciente da ilicitude e reprovabilidade de sua conduta, com a intenção de ofender e menosprezar a função pública, desacatou os policiais militares que faziam o atendimento da ocorrência”.

Além disso, o Ministério Público também ressaltou que a vereadora se negou a realizar teste de bafômetro, mas apresentava sinais de embriaguez. O MP também leva em conta o relato dos policiais, que apontam ter sentido “hálito alcoolico”, na vereadora, além de comportamento agressivo, arrogante, irônico.

Caso se torne ré e seja condenada, a vereadora pode pegar pena de 5 anos de prisão. O caso gerou revolta, especialmente após a divulgação do vídeo que mostra parte da ação policial.

Continua depois da publicidade

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com