Continua depois da publicidade

quem era Amanda Morlos, secretária de Biguaçu que perdeu a vida aos 29 anos

A jovem perdeu sua vida de forma trágica e a prefeitura decretou luto pela sua perda. Mais detalhes diante do ocorrido foram expostos.

Neste sábado, dia 13 de janeiro, foi confirmada a morte de Amanda Morlos, de 29 anos de idade, que faleceu após ter sofrido uma parada cardiorrespiratória.

Com a sua morte, a secretária municipal de Planejamento da região de Biguaçu, se encontra de luto. E além de atuar na prefeitura, Amanda era engenheira civil e talentosa pianista em suas horas vagas.

Seu óbito ocorreu durante uma internação na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), na localidade do Hospital Baía Sul, em Florianópolis.

Sendo natural de Biguaçu, Amanda Morlos ingressou no órgão público em meados de 2021, também assumindo a posição de diretora de Planejamento Urbano. Ela foi lembrada como uma profissional competente e dedicada, contribuindo de forma significativa para o município em que sempre residiu.

E diante do ocorrido, amigos e colegas lamentaram  a perda da profissional, a descrevendo como  “um ser humano incrível, com competência e garra acima da média” e “sempre disposta a ajudar e orientar”.

A prefeitura de Biguaçu decretou luto de três dias em sua homenagem, reconhecendo seus serviços à população e lamentando a perda. Amanda se formou em engenharia civil pela Faculdade Estácio de Sá em meados de 2018.

Ela assumiu o cargo no órgão público aos 27 anos de idade. Nas suas redes sociais, gostava de compartilhar momentos ao lado de seu namorado e demonstrava seu talento com o piano.

O prefeito Salmir da Silva expressou seus sentimentos aos familiares e amigos, destacando a competência e seriedade de Amanda como engenheira civil. O sepultamento ainda não foi informado até o momento.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *