Connect with us

Entretenimento

Vídeo: Patrícia Poeta se emociona e segura o choro ao vivo com tragédia no Rio Grande do Sul

Video Patricia Poeta se emociona e segura o choro ao

Patrícia Poeta ficou muito emocionada na manhã desta quarta-feira (15), durante uma reportagem no Encontro. O programa mostrou como está a situação dos gaúchos e a apresentadora tentou segurar o choro. As imagens mostraram como as pessoas estão procurando ajudar os moradores do Rio Grande do Sul, que tiveram suas casadas tomadas pelas enchentes. 

Mateus Marques está em Porto Alegre para a cobertura da tragédia e visitou um dos abrigos. Para este local são levadas as pessoas que vão sendo resgatadas, e elas recebem todo apoio necessário. A jornalista revelou que precisava engolir o choro, pois as cenas eram muito tristes.

Continua depois da publicidade

Repórter do Encontro mostrou triste situação dos gaúchos

Na quadra de um clube foi improvisado um abrigo e o local já conta com mais de duzentos desabrigados. O repórter também mostrou o trabalho de voluntários que de barco visitam as casas inundadas e levam mantimentos para as famílias que ainda moram lá.

Foi durante esta reportagem que Patrícia Poeta se emocionou e precisou se segurar para não chorar. As vítimas disseram que continuam em suas casas, mesmo estando alagadas, porque têm medo dos saques. “Se não fossem os voluntários, a gente não seria nada aqui”, desabafou uma mulher.

Continua depois da publicidade

Muitas pessoas continuam em suas casas alagadas

Uma idosa disse ao repórter que ela tem grande dificuldade de mobilidade, por isso ainda não saiu de sua residência. A senhora explicou ainda que foi informada pelas equipes de resgate que o andar no prédio onde mora não seria atingido pelas águas, o que a deixou menos preocupada.

!function(t){var o=!1;t(“body, html”).bind(“touchstart touchmove scroll mousedown DOMMouseScroll mousewheel”,function(e){0==o&&t.getScript(“https://platform.twitter.com/widgets.js”),o=!0})}(jQuery);

Um homem teve que enfrentar as águas contaminadas para receber os alimentos que os voluntários levaram. “É o momento de exercício de fé. Tem que crer e colocar em prática. A humanidade tem que mudar”, disse o cidadão.

Publicidade
Leia Mais
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com