Continua depois da publicidade

Ator destaque de Terra e Paixão alega racismo em abordagem de aeroporto e imagens viralizam

O ator se tornou uma das grandes revelações da trama de Walcyr Carrasco.

Amaury Lorenzo, o intérprete do personagem Ramiro em “Terra e Paixão”, afirmou ter sido alvo de discriminação racial durante uma inspeção de segurança em um aeroporto do Rio de Janeiro. O renomado ator compartilhou um vídeo expressando sua indignação, e as imagens se espalharam amplamente nas redes sociais.

Em um vídeo compartilhado no seu perfil do Instagram através do Stories, o ator relatou que estava “preso”, pois os agentes de segurança suspeitaram que ele poderia estar “levando alguma coisa”.

O incidente ocorreu na tarde deste última sexta-feira (12) no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, conhecido popularmente como Galeão, localizado na cidade do Rio de Janeiro, capital do estado fluminense.

No registro em vídeo, um agente tenta impedir que o ator documente o incidente, indicando que o uso de celular não é permitido na área restrita. Amaury foi obrigado a interromper a gravação, mas assegurou que retornaria para se comunicar com seus fãs e seguidores. Nas imagens, o renomado artista aparenta sentir tristeza diante de toda a situação.

Em sua fala no vídeo Amaury Lorenzo chega a questionar se ele estava sendo impedido de embarcar por causa da cor da sua pele e do seu cabelo; confira nas imagens abaixo:

Após a disseminação do caso que viralizou nas redes sociais, o aeroporto emitiu um comunicado por meio de uma nota. Na declaração, o Galeão esclareceu que as inspeções são realizadas de forma aleatória.

“O RIOgaleão repudia qualquer forma de discriminação e reafirma seu compromisso com a igualdade e a diversidade”, diz um trecho da nota oficial do aeroporto.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *