Continua depois da publicidade

Em entrevista, Juliano Cazarré sai em defesa de valores católicos: ‘somos ridicularizados’

Ator falou sobre conciliar fé e arte.

No elenco de “Fuzuê”, após imenso sucesso na novela “Pantanal”, o ator Juliano Cazarré voltou a estar em destaque na televisão brasileira. Procurado pela coluna de Heloisa Tolipan, o ator concedeu uma nova entrevista.

Durante a entrevista, Cazarré falou sobre sua fé e expôs sua opinião sobre como os cristãos, em especial os católicos, são percebidos socialmente. Para o ator, existe uma ridicularização da fé.

“O tempo inteiro somos ridicularizados, tratados como anacrônicos, retrógrados, ultrapassados, caretas… E a gente sabe que vai ser assim a vida inteira, porque o próprio Jesus disse que por sua causa, sofreríamos”, afirmou.

O ator reafirmou o desejo de mostrar que é possível professar a fé, ser um bom homem de família e artista, sem que uma coisa seja oposta à outra. Juliano também falou sobre sua visão na criação dos filhos.

Para o ator, é uma missão difícil manter a pureza dos próprios filhos, mas das crianças em geral. “Mesmo nos desenhos infantis mais inocentes há uma mensagem ruim ali, uma coisa, um viés político-ideológico atravessado, escamoteado ali dentro“, afirmou.

Cazarré também falou sobre a experiência de fazer um vilão na nova novela e compartilhou estar tendo uma boa experiência. O ator também falou sobre seus novos planos após a conclusão das gravações.

No fim do ano passado, Juliano e a esposa, Letícia Cazarré, confirmaram a notícia de que estão esperando o sexto filho. O casal não faz uso de métodos contraceptivos, em respeito à fé católica.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *