Continua depois da publicidade

Luto: Cantor sertanejo perde a vida após passar por cirurgia

Familiares, fãs e amigos estão desolados.

O músico e compositor mato-grossense João Sérgio Batista Corrêa Filho, mais conhecido pelo seu nome artístico João Carreiro, faleceu aos 41 anos na noite de quarta-feira (3), devido a complicações decorrentes de uma intervenção cirúrgica no coração. A confirmação foi feita por amigos através das redes sociais.

Foi próprio cantor que compartilhou com seus fãs e se que passaria por uma cirurgia para corrigir um prolapso na válvula mitral, uma condição cardíaca conhecida como sopro no coração.

Entretanto, Carreiro apresentou mal-estar e não respondeu às tentativas de reanimação, após o procedimento cirúrgico.

Na véspera, o artista compartilhou um vídeo em suas redes sociais expressando que: “se empacotar, não quer saber dessa roupinha”, referindo-se a roupa usada nos centros cirúrgicos. “Caramba, velho, isso não combinou muito comigo. É de florzinha”, disse em tom de brincadeira.

Confira o vídeo abaixo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Matheus Baldi (@matheusbaldi)

Nascido em Cuiabá (MT), o cantor sertanejo ganhou notoriedade nacional com a canção “O Bagulho é Louco, Mano”, que registra 18 milhões de visualizações apenas no YouTube.

Ele formou uma dupla sertaneja com Capataz, nome artístico do artista Hilton Cesar Serafim da Silva, e juntos conquistaram o sucesso “Bruto, Rústico e Sistemático”, tema da novela Paraíso da TV Globo. A separação da dupla ocorreu no ano de 2014.

Após o término da parceria, Carreiro mudou-se para Sidrolândia, localizada a 70 quilômetros da cidade de Campo Grande, capital do estado do Mato Grosso do Sul. Recentemente, o músico estava estabelecido em uma residência no condomínio CLC (Clube de Laço Cumprido), onde realizou sua última produção intitulada “No Quintal de Casa”.

Não foram divulgadas informações até o momento sobre as cerimônias fúnebres, nem sobre o local de sepultamento.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *