Connect with us

Notícias

Quem era a pastora que conseguiu salvar a filha em meio a tiroteio antes de perder a vida por bala perdida

O caso está sob investigação.

Na noite de quinta-feira (22), uma mulher faleceu após ser atingida por uma bala perdida na região da Gardênia Azul, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Antes de ser atingida pelo disparo, ela conseguiu proteger sua filha dos tiros.

A vítima foi identificada como sendo a pastora evangélica Marta de Jesus Gomes, de 44 anos, segundo as informações preliminares repassadas pelas autoridades responsáveis pelo caso, ela voltava de mercado quando o tiroteio começou.

Marta de Jesus morreu após ser alvejada por dois disparos, entretanto, antes da tragédia ela conseguiu empurrar a filha para dentro de casa evitando que ela se tornasse mais uma vítima da violência que domina a ‘cidade maravilhosa’.

Ainda de acordo com o que foi repassado pelos agentes de segurança, suspeita-se que milicianos tenham confrontado policiais militares que estavam em patrulha na área, efetuado disparos e em seguida fugido.

Apesar de ter sido encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade de Deus, lamentavelmente a vítima não sobreviveu aos ferimentos. Marta estava junto com sua filha, já na entrada de casa, quando um intenso tiroteio entre grupos criminosos rivais teve início.

Segundo informações da Polícia Militar, o confronto ocorreu na área conhecida como Marcão. A corporação informou que equipes do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) foram deslocadas para reforçar o patrulhamento na região e estão realizando rondas em busca dos criminosos.

Familiares da pastora compareceram nesta sexta-feira ao Instituto Médico-Legal, localizado no Centro do Rio, para providenciar a liberação do corpo da religiosa. Profundamente abalados, eles optaram por não comentar sobre o ocorrido. A vítima deixa sete filhos.

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com