Continua depois da publicidade

“Saudade sem fim”, filha de homem morto envenenado pela nora faz desabafo

Mãe e filho morreram após comer doces contaminados.

Perder algum ente querido é sempre um golpe muito duro para qualquer pessoa. Ter que lidar com a morte criminosa de alguém que se ama, é uma dor ainda mais difícil de superar por tudo que envolve.

No noticiário sempre existem notícias de homicídios, acidentes. A morte acaba se tornando parte do cotidiano das pessoas, mas a dor que atinge a cada família é sempre muito difícil de suportar e até compreender.

No último dia 18 de novembro, as mortes de Leonardo Alves, de 58 anos, e a mãe dele, Luzia Alves, de 86, foram notícia em todo o país. Hoje a polícia acredita ter sob custódia a responsável: a nora de Leonardo.

Para a família, fica a dor da perda. Nas redes sociais, Maria Paula Alves lamentou a morte do pai e da avó. A jovem, que é médica, compartilhou uma mensagem de luto. “Saudades sem fim, papai”, escreveu.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Maria Paula Alves (@mariapaulaap)

O crime e as investigações

Mãe e filho faleceram após comer doces de uma famosa doceria de Goiania, o que ajudou a fazer com que a notícia repercutisse. No entanto, logo a polícia descartou que a contaminação tivesse acontecido no estabelecimento.

A polícia então chegou ao nome da advogada Amanda Partata Mortoza, de 31 anos. Amanda havia tido um relacionamento com o filho de Leonardo e não aceitava o fim da relação. A polícia acredita que ela tenha envenenado a comida antes de oferece-la a família.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *