Connect with us

Notícias

Viciado em energético, homem vai parar na UTI com urina preta: ‘eu podia ter morrido’













O próprio paciente compartilhou a história para conscientizar a população.



A ingestão de energéticos é uma prática muito comum para atletas e praticantes de exercícios de grande impacto. No entanto, a bebida também se tornou popular entre jovens e até adolescentes durante festas.

Muitos casos mostram que o consumo da bebida pelo público comum é extremamente perigoso. Nessa semana, a história ex-militar inglês Andy Hammond, tem chamado a atenção e gerado reflexão.

Aos 36 anos, Andy viveu momentos de grande preocupação e quase perdeu a vida. Em dezembro do ano passado, Andy desmaiou e foi parar no hospital, onde foi internado na UTI enquanto passava por exames.

Andy admitiu aos médicos que bebia grandes quantidades de energético e chegava a trocar água pela bebida. No hospital, ele descobriu uma pedra no rim de 4 milimetros, mas seus problemas de saúde não pararam por aí.

Segundo suas próprias informações, desde os 15 anos Andy tomava em média dois litros de energético por dia. Rico em sódio e potássio, o energético é um perigo para a saúde tanto para os rins, quanto para o coração.

“Fiquei em um entra e sai do hospital desde o Natal. Precisei fazer cirurgias e ainda tenho uma agendada, tudo isso pelo meu terrível hábito de tomar bebidas energéticas que não estavam me hidratando”, disse.

Andy sofreu infecções na bexiga e nos rins, teve risco de que o quadro evoluísse para uma sepse, e precisou passar por procedimentos. O homem decidiu compartilhar sua história para incentivar as pessoas a tomarem menos energéticos.








Copyright © 2020 | Fofochicanco.com