Continua depois da publicidade

vídeo flagra últimos momentos da jovem que saiu para trabalhar e teve sua vida tirada no MA

A jovem teve sua vida tirada após ter saído para ir trabalhar. Um vídeo flagrou o seu último momento.

Na região de Maranhõzinho, no Maranhão, um crime brutal chocou a população após a morte de Ana Caroline Sousa Campêlo, de 21 anos, uma jovem lésbica, que teve sua vida tirada de forma brutal no dia 10 de dezembro, minutos após ter saído de seu trabalho.

Imagens que foram flagradas por uma câmera de segurança mostraram o que teria acontecido momentos antes de sua morte. Na gravação, Ana Caroline aparece pedalando sua bicicleta, por volta do período da madrugada, e logo em seguida, um homem aparece em uma moto e segue o mesmo trajeto.

Após algum tempo, familiares encontraram sua bicicleta e, mais tarde, seu corpo. Abaixo você pode conferir o vídeo que mostra mais detalhes diante de toda a situação vivenciada:

Video (CLIQUE AQUI)

O crime brutal chocou o país e provocou reações de ativistas e autoridades. A ministra da Mulher, Cida Gonçalves, classificou a morte como lesbofobia e crime de ódio contra as mulheres. A polícia ainda não identificou suspeitos ou motivação para o assassinato.

Não existe suspeito identificado. Sem suspeito não há possibilidade de indicar motivação“, declarou Lúcio Reis, delegado responsável pela investigação diante do ocorrido.

A vizinha de Ana Caroline relatou à polícia ter visto a jovem com um homem pouco antes do desaparecimento. A testemunha descreveu que o homem a colocou em uma moto e seguiu em direção a uma estrada onde o corpo foi encontrado.

O vídeo, que mostra a proximidade entre Ana Caroline e um homem de camiseta branca, pode ser uma peça-chave na investigação do crime e esta sendo apurada.

Até o momento, nenhum suspeito foi preso, e a polícia trabalha para elucidar o caso. A brutalidade do crime gerou protestos e destaque para a luta contra a lesbofobia e a violência de gênero.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *