Connect with us

Notícias

Barragem se rompe e governador do estado fala em situação dramática; diversos municípios podem ser atingidos – VÍDEO

Barragem se rompe e governador do estado fala em situacao

O estado vem sendo duramente castigado por tempestades históricas.

Segundo informações das autoridades locais, a barragem 14 de julho, situada entre os municípios de Cotiporã e Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, cedeu devido ao significativo volume de água das chuvas registradas nos últimos quatro dias.

Como medida preventiva, foi emitida uma ordem de evacuação para as residências próximas, após a identificação do risco iminente de colapso. Até o momento, o estado registrou o trágico falecimento de 24 indivíduos devido aos temporais.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), ressaltou que desde a última quarta-feira (1º), foi realizado um esforço preventivo para evacuar as regiões adjacentes à barragem. Ele reiterou a gravidade da situação no estado, descrevendo-a como dramática.

Nós recebemos há pouco a informação do rompimento da ombreira direita da barragem 14 de Julho, que fica em Cotiporã, na Bacia do Taquari Antas. Acreditamos que o efeito não vá ser de uma enxurrada, mas vai seguir o curso livre do rio em direção a Santa Bárbara e Tereza. O efeito vai ser de elevação do Rio Taquari e Bacia do Taquari Antas, ressaltou o governador.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Eduardo Leite (@eduardoleite45)

A Companhia Energética do Rio Antas (Ceran) divulgou um comunicado confirmando que identificou o rompimento da barragem por volta das 13h40 desta quinta-feira.

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul emitiu um comunicado reforçando que a barragem 14 de julho, em Cotiporã, está em iminência de colapso. Em coordenação com as equipes de resposta, está realizando a retirada das famílias das áreas de risco que ainda se encontram nessas localidades.

Além disso, ressaltou a importância de os residentes dos municípios de Santa Tereza, Muçum, Roca Sales, Arroio do Meio, Encantado, Colinas e Lajeado deixarem as áreas de risco e buscarem abrigos públicos ou locais seguros devido ao aumento do nível do Rio Taquari.

Segundo informações da Defesa Civil de Bento Gonçalves, é apenas uma questão de tempo até que as inundações se intensifiquem ainda mais, tanto na própria cidade quanto nos municípios ao redor, devido à crescente do Rio Taquari.

Leia Mais
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com