Continua depois da publicidade

CAC reage a pedidos de socorro e impede feminicídio em SP

Agressor da vítima não resistiu após ser baleado.

Um caso assustador foi registrado no município de Carapicuíba, na Grande São Paulo, quando uma tentativa de feminicídio foi interrompida pela rápida ação de um homem, que tinha porte legal de arma.

Parte da ação foi filmada por câmeras de segurança e mostram um CAC (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) reagindo à uma tentativa de feminicídio. O homem consegue balear o agressor, de 41 anos, que não resistiu.

O caso aconteceu na última sexta-feira (19/01), sob a luz do dia e no meio de uma rua domiciliar. A mulher aparece correndo pela rua e pedindo socorro, sendo seguida pelo ex-companheiro, que tinha uma faca (‘peixeira’).

Na mesma rua, surge um homem armado com uma arma de fogo e dispara. O agressor da mulher é atingido e não resiste. A vítima tinha um corte no pescoço profundo e precisou ser socorrida.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio e violência doméstica, e homicídio. O atirador, que tem registro CAC, deve comparecer à delegacia para prestar esclarecimentos sobre o caso.

A polícia deve investigar a fundo os fatos. Nas redes sociais, a ação do atirador foi elogiada, com muitos internautas entenderam sua reação como legítima defesa. A polícia não se manifestou sobre a ação do homem.

A identidade da mulher não foi informada, assim como atualizações sobre seu estado de saúde. A identidade do agressor, que acabou morto, também não foi informado pela polícia, que investiga o caso.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *