Continua depois da publicidade

Casal é suspeito de pagar para tirar vida de empresária, vídeo flagrou o momento do crime que aconteceu dentro de loja

O caso segue sob investigação.

Um par de profissionais da odontologia está sendo investigado por possível envolvimento intelectual na tentativa de homicídio de Laísa Andrade, de 26 anos.

A empresária foi atacada com facadas por dois indivíduos em sua loja de roupas, na cidade de Juazeiro do Norte, que fica na região do Cariri, localizado no interior do estado do Ceará, na última sexta-feira (12).

Segundo a Polícia Civil, o casal em questão foi identificado como Savana Oliveira e Francisco Jonathan Alves e Silva. Um casal foi detido nesta segunda-feira (15)

O casal é suspeito de ser o mandante da tentativa de homicídio. contra a empresária que foi atacada por agressores em sua própria loja na última sexta-feira (12). O incidente foi capturado por uma câmera de segurança.

De acordo com os depoimentos, Francisco Jonhnatan Alves e Silva, de 38 anos, e Savana Silva de Oliveira, de 24 anos, alegaram que a empresária havia proferido várias ameaças contra eles devido a uma questão trabalhista envolvendo a quantia de R$ 10 mil. Ambos permanecem sob custódia.

A Polícia Civil esclareceu que o casal desembolsou R$ 5 mil com o objetivo de contratar criminosos para assassinar a empresária. Em 12 de janeiro, dois indivíduos dirigiram-se à loja onde Laísa trabalha e a atacaram com facadas, seguindo as ordens do casal.

Conforme as autoridades policiais, a quantia de R$ 5 mil seria dividida entre Marcelo Barbosa de Almeida e José Pedro das Chagas Pinto de Sousa, ambos detidos, e um terceiro suspeito conhecido como ‘Alemão’.

As investigações indicaram ainda que ‘Alemão’ era paciente do dentista Francisco Jonathan Alves, e foi dessa forma que o primeiro contato foi estabelecido para planejar o crime.

A empresária Laísa mantinha uma amizade próxima com Savana, que é suspeita, junto com o marido, de ser a mandante do crime, de acordo com informações de familiares da vítima.

Para assirtir ao vídeo CLIQUE AQUI!

As duas já tinham compartilhado o ambiente de trabalho em outra clínica, e quando Savana engravidou, convidou Laísa para substituí-la na clínica de Jonhnatan durante o período de licença maternidade.

Laísa trabalhou no local por dois meses. Segundo Adalilda Andrade, irmã de Laísa, Savana costumava compartilhar fotos nas redes sociais na companhia da empresária.

Laísa do Nascimento foi retirada do estado de sedação, porém continua em condição crítica na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Cariri (HRC), onde permanece hospitalizada.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *