Continua depois da publicidade

Mãe tem a vida tirada em seu trabalho; filha de 5 anos viu toda a cena e avó passou mal

A mulher teve sua vida tirada enquanto estava em seu trabalho.

Nesta última quarta-feira, dia 10 de janeiro, uma mulher foi morta na frente da própria filha, de apenas 5 anos de idade. O caso aconteceu no Distrito Federal.

A vítima, Tainara Kellen Mesquita da Silva, de 26 anos, perdeu sua vida com pelo menos seis tiros, sendo o suspeito identificado como seu ex-marido, Wesly Denny da Silva Melo, de 29 anos, que segue foragido.

O crime teria sido planejado, com Wesly atraindo Tainara para fora do salão de beleza em que ela trabalhava. O suspeito enviou uma mensagem por Whatsapp, se pasasando por um cliente do estabalecimento e querendo solicitar um serviço.

Ao sair para atender o suposto cliente, Tainara foi surpreendida por Wesly, que efetuou 16 disparos, resultando em pelo menos seis tiros fatais. A filha viu toda a cena.

Diante do ocorrido, as autoridades foram acionadas, confirmando o óbito da jovem no local. Agora, o caso deverá ser investigado por uma delegacia.

“Ele ameaçava ela demais, era muito possessivo”, disse uma vizinha que não quis se identificar, revelando que o relacionamento dos dois já era considerado complicado.

Wesly Denny, o principal suspeito, possui um longo histórico criminal, incluindo antecedentes, porte de arma, ameaça, desacato e ao menos duas leis Maria da Penha.

A mãe da vítima, presente no local do crime, precisou ser levada ao hospital após passar mal. A vizinhança descreveu Tainara como uma mãe exemplar e filha amorosa. O feminicídio destaca a urgência na abordagem de casos de violência doméstica e na proteção das vítimas.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *