Connect with us

Notícias

Menino de 12 anos perde a vida de maneira trágica após fratura em futebol; causa gera revolta em família

Menino de 12 anos perde a vida de maneira tragica

Menino se machucou durante uma aula de educação física.

Continua depois da publicidade

Um trágico episódio envolvendo um jovem de 12 anos, Arthur Barros da Silva, está sendo alvo de intensa investigação devido a possíveis falhas médicas que resultaram em sua morte.

O garoto, residente em Guarujá, no litoral de São Paulo, faleceu após sofrer uma fratura no tornozelo durante uma partida de futebol na aula de educação física. A família de Arthur alega negligência médica nos hospitais onde o menino foi atendido.

De acordo com relatos da tia do jovem, Fabiana Barros Santana, de 37 anos, Arthur foi inicialmente atendido em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde não foi corretamente diagnosticada sua fratura.

Continua depois da publicidade

Após dois dias e ainda sentindo dores intensas, Arthur foi novamente levado à UPA. Por insistência da tia do menino ele foi transferido para o Hospital Santo Amaro (HSA), onde foi avaliado por um médico ortopedista e finalmente identificada a fratura na perna direita.

A situação tomou um rumo trágico quando Arthur, que ainda se queixava de dores, foi avaliado por um médico vascular devido a complicações. A equipe médica não teria respondido adequadamente aos pedidos de assistência, e o menino veio a óbito na manhã seguinte, vítima de uma embolia pulmonar.

A embolia pulmonar, condição rara em crianças, é apontada como uma possível causa da morte, associada à fratura e ao possível tromboembolismo pulmonar decorrente do trauma.

A família registrou um boletim de ocorrência por morte suspeita e busca apoio legal para investigar as circunstâncias que levaram ao óbito de Arthur.  As autoridades locais estão conduzindo uma investigação minuciosa para esclarecer a sequência de eventos e possíveis negligências médicas.

Continua depois da publicidade

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com