Continua depois da publicidade

Mulher filmada sendo atacada pelo próprio ex no meio da rua não resiste e tem falecimento confirmado; vídeo conta com imagens fortes

A mulher foi filmada sendo atacada pelo seu ex no meio da rua, e infelizmente, não resistiu aos ferimentos que foram causados. Detalhes foram expostos.

Em uma trágica situação envolvendo violência doméstica, a empregada doméstica Alana Mata Ferreira, e 40 anos, perdeu sua vida neste último domingo, dia 7 de janeiro, em um hospital de Goiânia.

A vítima foi brutalmente esfaqueada por seu ex-companheiro neste última segunda-feira, dia 1 de janeiro, conforme registrado em um vídeo que deixou a população local bastante chocada.

O filho de Alana informou para canais de comunicaçãoo que a mãe tentou buscar ajuda após ser atacada, correndo para a rua. Recebendo socorro, ela foi internada em uma UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas enfrentou duas paradas cardíacas e não resistiu.

Uma facada atingiu a costela da vítima, enquanto os ferimentos exigiram intervenções cirúrgicas no Hugo (Hospital Estadual de Urgências de Goipas).

O relacionamento entre Alana e o agressor perdurou por cerca de seis anos, mas a separação ocorreu há aproximadamente quatro meses, devido á agressividade de seu ex-companheiro.

“Ele já mostrava que era muito agressivo, batia nela”, explicou o filho, ao falar sobre o assunto e dar mais detalhes diante de toda a situação.

Um vídeo que cirucla nas redes sociais evidencia as agressões ocorrendo no meio da rua, mostrando a gravidade do ataque. Até o momento, ninguém foi preso.

VEJA O VÍDEO

Este trágico episódio reforça a urgência de combater a violência doméstica e ressalta a necessidade de medidas para proteger as vítimas e responsabilizar os agressores, destacando a importância da conscientização e ações efetivas por parte das autoridades.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *