Connect with us

Notícias

‘Pensei que ia perder minha mãe’

Paciente vai precisar de nova cirurgia.

A família da paciente Severina Félix, de 62 anos, questiona a equipe médica do Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio, sobre uma fratura no braço da diarista. Severina foi internada após diagnóstico de tumor no fígado.

Dona Severina foi internada para cirurgia na coluna, mas saiu do centro cirúrgico com o braço quebrado. A família tenta entender o que aconteceu e denuncia o serviço prestado, revelando receio pela saúde da diarista.

Rafaela Felix, filha da diarista, cobra uma ação mais rápida do hospital. Segundo ela, a mãe tinha o braço em perfeito estado antes da cirurgia e agora já passou cinco dias com a fratura, sentindo dor e não conseguindo dormir direito.

Pensei que ia perder minha mãe. Meu psicológico começou a ficar abalado e o dela também. Ela falou que não aguentava mais viver daquele jeito que estava vivendo. A gente entra em um lugar pra se cuidar e acaba saindo pior”, lamentou.

Rafaela também questiona sobre quem vai se responsabilizar pelo erro médico. Além da cirurgia de reparo, que será feita no hospital, Rafaela questiona quem vai arcar com os custos de fisioterapia.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde comentou sobre o caso e afirmou que a paciente tem recebido toda assistência necessária. No entanto, também reforçou que mais detalhes serão prestados apenas à família.

Até onde foi divulgado, não há data determinada para a nova cirurgia da paciente e nem previsão de alta.

Copyright © 2020 | Fofochicanco.com