Continua depois da publicidade

o que é, sintomas e tratamento do prolapso genital, doença que afeta até 50% das mulheres

A doença afeta até 50% das mulheres e exige cuidados. O que é, sintomas e tratamento do prolapso genital.

Natashja Wilson, de 24 anos de idade, percebeu os sintomas do prolapso de órgãos pélvicos aos 18 anos de idade. E diante da situação, ela se sentiu envergonhada e não entendeu direito o que estava acontecendo.

Morando longe de casa para estudar em uma universidade, a estudante nunca tinha ouvido falar da condição que pode afetar até 50% das mulheres durante a vida.

Os sintomas notados pela jovem foram incontinência, dores durante a relação sexual e sensação de inchaço. Com isso, ela buscou ajuda de amigas.

“Realmente não sabia o que pensar, porque eu sinceramente não sabia nada sobre meu corpo naquela época”, chegou a declarar, ao falar sobre a sua situação delicada.

Contudo, a falta de consciência sobre a saúde pélvica e a vergonha, fez com que ela adiasse a procura por assistência médica. Após dezoito meses com problema, ela consultou sua mãe, que pediu para que ela fosse até um médico que confirmou o prolapso uterino.

 O que é o prolapso?

Ocorre quando os músculos e tecidos que sustentam os órgãos pélvicos se tornam enfraquecidos, levando a um ou mais órgãos descendo de sua posição normal. Os sintomas mais comuns são sensação de peso, desconforto durante a relação íntima e problemas na bexiga e no intestino.

Qual é o tratamento?

Exercícios para o assoalho pélvico e mudanças relacionadas ao estilo de vida podem ajudar, mas o tratamento médico é essencial. Uma cirurgia pode ser recomendada por profissionais de saúde.

A conscientização e a mudança de percepção são cruciais para promover a saúde pélvica e encorajar as mulheres a procurarem assistência médica quando necessário. Caso sinta que algo está errado com o seu corpo, procure por unidades de saúde.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *