Continua depois da publicidade

Quem é a advogada que morreu após carro capotar e ficar submergido em córrego

Acidente com advogada aconteceu nesta sexta, dia 9 de fevereiro.

Em um trágico acidente ocorrido na sexta, dia 9 de fevereiro, em Alta Floresta, Mato Grosso, a comunidade jurídica perdeu uma de suas vozes mais promissoras na defesa ambiental.

Evelim Bulhões Guimarães, de 32 anos, advogada e membro ativo da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), teve sua vida abruptamente interrompida quando o veículo em que viajava capotou, vindo a cair em um córrego.

A Polícia Civil, auxiliada pela Polícia Militar, chegou ao local do acidente para encontrar a cena devastadora. Apesar dos esforços imediatos, a morte de Evelim foi constatada no local, marcando uma perda significativa não apenas para seus familiares e amigos, mas também para a advocacia ambiental na região.

Residente em Nova Bandeirantes, um município interiorano de Mato Grosso, Evelim era conhecida por seu comprometimento com as causas ambientais.

A paixão a levou a contribuir significativamente para o trabalho da OAB em questões de meio ambiente. Sua família, originária do Espírito Santo, agora enfrenta a dolorosa tarefa de lidar com a súbita perda.

A OAB-MT expressou seu profundo pesar pelo falecimento de Evelim, estendendo suas condolências a todos os que foram tocados por sua vida e trabalho. “Que tenham forças para superar a perda”, refletiu a instituição, reconhecendo o impacto da tragédia.

Este incidente destaca os perigos inerentes às estradas e também lembra a comunidade de que cada dia é precioso, especialmente para aqueles que dedicam suas vidas a fazer do mundo um lugar melhor.

Compartilhe este artigo
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *